Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PiiCiE Mora

#euaprendocomPiiCiEMora

#euaprendocomPiiCiEMora

#ApoioAoEstudo - Sugestões Unicef

05.03.21, PiiCiE Mora

unicef-covid19-coronavirus-8.jpg

A UNICEF preparou oito sugestões para apoiar os pais e as crianças a organizar o seu dia-a-dia durante o período letivo. 

 

Planeie o tempo de estudo com um horário para si e para o/s seu/s filho/s

  • Elabore com o/s seu/s filho/s um calendário com as atividades de cada um. Esta planificação deve, se possível, ser elaborada paralelamente com a dos pais, pois poderá definir quais são os momentos de apoio parental na realização das tarefas escolares;
  • Devem distribuir o tempo de forma equilibrada entre as várias disciplinas (entre as que o seu filho considera mais interessantes e as outras);
  • Seja realista na definição de tempo para cada tarefa. A atual situação é de maior ansiedade e incerteza, o que dificulta a manutenção da concentração por elevados períodos de tempo. Os períodos de estudo devem ter duração de cerca de 40-50 minutos.

 

Prepare um espaço de trabalho que facilite os bons hábitos de estudo

  • Certifique-se que o espaço tem boa iluminação, uma secretária bem organizada e sem objetos desnecessários em cima e uma cadeira confortável, se possível;
  • Evite distrações, tais como música alta, mensagens instantâneas, chamadas telefónicas, televisão, jogos eletrónicos ou brinquedos;
  • Quando as tarefas exigem a utilização de tecnologia ou internet, certifique-se que a criança tem capacidade de utilizar estes instrumentos em segurança. Caso a criança não esteja familiarizada com estas ferramentas, a presença de um adulto é recomendada.

 

Promova contactos frequentes com o professor e com a escola

  • Se ainda não estiverem definidos, tente estabelecer com o professor as formas de contacto e através dos quais serão enviados os trabalhos a realizar. É importante informar o professor quais são as ferramentas que tem disponíveis (ex.: acesso à internet, computador, impressora).

 

Mãos à obra! Exemplos de métodos de estudo para o seu filho

  • Estudar primeiro as disciplinas difíceis, enquanto os níveis de concentração são mais elevados, e passar depois para as disciplinas consideradas mais fáceis;
  • Ler os exercícios e os textos e depois interpretá-los, procurando chegar ao objetivo das questões ou às ideias centrais dos textos;
  • Ler atentamente, resumir, fazer esquemas e usar técnicas de memorização;
  • Solucionar as dificuldades com pesquisas (na internet, em dicionários ou outros livros informativos) ou num próximo contacto com o professor;
  • Para os pais, pode ser importante conhecer as estratégias utilizadas em sala de aula, procurando utilizar algumas dessas que o seu filho já conhece;
  • Ajudar a criança a fazer, mas não fazer por ela: ofereça apoio e orientação na elaboração dos trabalhos da escola, ajudando a interpretar o que é pedido e no final, a corrigir o que foi feito. Resista ao impulso de fornecer as respostas certas ou completar tarefas. Ajude a desenvolver as competências de resolução de problemas e a estimular a confiança da criança.

 

Não sabemos tudo!

  • Se não souber qual a melhor forma de o ajudar, ou se tiver dificuldades em explicar-lhe alguma matéria ou área curricular, procure apoio na escola ou partilhe com o seu filho que não sabe e que em conjunto irão procurar a resposta.

 

Promova momentos de partilha

  • Demonstrar interesse pelo que o seu filho esteve a estudar, fazendo perguntas sobre o que aprendeu de novo e do que mais gostou, pois tal demonstra à criança o quanto os pais valorizam os estudos. A opinião dos pais tem uma importância enorme, por isso, o seu incentivo pode ser um grande motivador.

 

Definam uma rotina diária com tempo para as várias tarefas

  • Na elaboração do horário semanal, devem incluir não só os trabalhos da escola, mas também os tempos livres, os períodos para brincar em família ou as tarefas de casa. Ter a casa arrumada pode contribuir para nos sentirmos mais organizados;
  • Preparar refeições equilibradas e saudáveis – planificar a dieta da família, fazer um uso responsável dos alimentos e manter um estado nutricional adequado. Veja as orientações da Direção Geral da Saúde na área da alimentação;
  • No atual panorama nacional, as crianças passam muito tempo em casa, sem poderem deslocar-se ao exterior, com reduzidos contactos com outros familiares ou amigos, por isso todas as experiências são vividas com maior intensidade. É imprescindível que todos os dias o seu filho usufrua de momentos em que possa brincar livremente, jogar, fazer exercício, ler ou falar com os amigos e com a família;
  • Assegurar os possíveis para que as crianças possam manter contacto os seus amigos, com quem passavam a maior parte do seu tempo na escola. Se as crianças os sentirem próximos, pode ajudar a mitigar a situação de isolamento ou distanciamento.
  • É também importante que todos os elementos da família tenham tempo para si, individualmente.

Fonte: https://www.unicef.pt/coronavirus-sugestoes-para-apoiar-o-estudo-em-casa/

 

#euaprendocomPiiCiEMora

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.