Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PiiCiE Mora

#euaprendocomPiiCiEMora

#euaprendocomPiiCiEMora

#DiaMundialdaOstra - A formação de uma pérola

05.08.20, PiiCiE Mora

diamundialdaostra.png

O Dia da Ostra celebra-se a 5 de agosto.
A data é conhecida como Dia Nacional da Ostra nos Estados Unidos da América e como Dia Mundial da Ostra no resto do mundo.
Neste dia, são servidas as mais variadas e deliciosas ostras a preços especiais nos espaços atentos à data. Também se realizam festivais de ostras por esta altura.
Ostra é o nome comum atribuído a diferentes grupos de moluscos. A ostra é um molusco muito versátil. Enquanto algumas ostras não são consumidas pelos humanos (ostras pérola, por exemplo), outras são consumidas em cru ou cozidas.

Sabia que?
A formação da pérola na ostra dá-se quando um parasita invade a ostra e esta liberta uma substância chamada madrepérola que se cristaliza sobre o invasor, impedindo-o de se reproduzir. Ao fim de 3 anos transforma-se em pérola. A forma da pérola depende do formato do invasor e a cor da saúde da pérola.
As ostras têm um corpo muito mole, mas que está protegido por uma concha grandemente calcificada. Esta concha é fechada por músculos adutores muito fortes.

Ostra Feliz, não produz Pérola!
Quando um corpo estranho (Grão de areia, ou um parasita) entra em uma Ostra, causa muita dor e inflamação na mesma, dentro da ostra é encontrada uma substância lustrosa chamada NÁCAR. Quando um grão de areia a penetra, as células do NÁCAR começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra.
E como resultado de toda esta dor e inflamação, uma linda pérola vai se formando!
As Pérolas são produtos da dor! Resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra. Uma ostra que não foi ferida, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

Fonte: calendarr.pt

#euaprendocomPiiCiEMora