Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PiiCiE Mora

#euaprendocomPiiCiEMora

#euaprendocomPiiCiEMora

#ConhecerOAlentejo - Vila de Mora "Um Amor Para Sempre"

17.07.20, PiiCiE Mora

conhecerMORA.jpg

 

MORA Um Amor Para Sempre

É com este slogan que a Câmara Municipal de Mora apresenta o vídeo promocional do Concelho de Mora.

Uma curta-metragem de aproximadamente dez minutos, que conta uma história e apela às emoções de quem o vê. Neste filme promocional está encaixada a oferta turística do Concelho de Mora, seja o alojamento, a restauração e a típica gastronomia alentejana, pontos de interesse com história, equipamentos, paisagens, cantos e recantos. No fundo, mostra e divulga o que é importante e distingue o Concelho de Mora como destino turístico de excelência e de referência. Destino para visitar, passar um fim-de-semana ou até mesmo férias, passear ou, quem sabe, se apaixonar e por aqui ficar.
Vejam, desfrutem e divulguem! Para quem não conhece se “apaixonar” pela terra e pelas gentes!

A Vila de Mora

Mora é uma vila alentejana do Distrito de Évora, com aproximadamente 2500 habitantes. É sede de um Concelho com quatro freguesias que ocupa um total de 443,46 quilómetros quadrados e tem 4978 habitantes (censos de 2011). O município é limitado a norte pelo município de Ponte de Sor, a nordeste por Avis, a leste por Sousel, a sueste por Arraiolos e a oeste por Coruche.

O território onde se veio a edificar esta vila era, no século XII, abrangido pelos limites jurisdicionais do Castelo de Coruche, o qual foi doado em 1176 por D. Afonso Henriques aos chamados Freires de Évora. O topónimo Mora surgiu apenas em 1293 num documento denominado “Livro III das Composições”, onde se faz referência a uma herdade chamada “cabeça de mora”. O termo exprime altura ou parte elevada, o que nos leva a acreditar que foi a partir desse local onde se encontrava essa herdade, que se implantou a vila de Mora. Em tempos remotos as povoações desenvolviam-se ao redor de uma igreja, no entanto em Mora não se sabe ao certo qual será a que estaria na origem do seu desenvolvimento, por falta de documentação que o comprove. Os mais entendidos apontam o Largo do Calvário como o ponto de partida desta vila que recebeu foral a 23 de novembro de 1519, por D. Manuel I.

 

Pontos de Interesse na Vila que iremos apresentar em publicações futuras:

Museu Interativo do Megalitismo

IMG_8911.jpg

Igreja de Santo António

Igreja-de-Santo-António-Cabeção.jpg

 

Hospício de São Nicolau Tolentino, atual Casa da Cultura de Mora

201410021612161.jpg

 

Igreja da Misericórdia

DSC_7968_IGREJA-DA-MISERICÓRDIA.jpg

 

Igreja Matriz de Mora ou Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Graça

IGREJA-MATRIZ-OU-IGREJA-NOSSA-SENHORA-DA-GRAÇA.jp

 

Núcleo Museológico da Santa Casa da Misericórdia de Mora

NÚCLEO%20MUSEOLÓGICO%20DA%20SCMM%20-%20EXTERIOR2

 

Núcleo Museológico Agro-Florestal da Barroca 

NUCLEOMUSEOLOGICOBARROCA.jpg

 

Pista Internacional de Pesca Desportiva de Mora 

PISTA-INTERNACIONAL-DE-PESCA-DESPORTIVA-DE-MORA.jp

 

Torre do relógio

TorredoRelógio.jpg

 

#euaprendocomPiiCiEMora  #FiqueEmCasa

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.