Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PiiCiE Mora

#euaprendocomPiiCiEMora

#euaprendocomPiiCiEMora

#ConhecerOAlentejo - Igrejas e Torre do Relógio de Mora

27.07.20, PiiCiE Mora

Na pacata vila de Mora, entre outros pontos de interesse a visitar  vale a pena conhecer a história das três igrejas  e da Torre do Relógio

igrejas e torre do relogio.png

 

Igreja Matriz de Mora ou Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Graça

images (1).jpg

 

                                    images.jpg

 

Em enquadramento urbano, a sua construção carateristicamente religiosa, quinhentista e neoclássica. No seu interior pode ser encontrada uma pia batismal de finais do século XVI. Junto à  cabeceira está a torre sineira, facto do qual resulta os morenses serem apelidados de "escaravelhos".

O espaço foi alvo de obras em 1845, levadas a cabo pela Confraria do Rosário e posteriormente, em 1969, sofreu algumas reparações interiores.

Igreja da Misericórdia 

igreja-misericordia.jpg

 

​Tanto a Igreja como a instituição propriamente dita datam de 1575, no entanto só em 1581 é rezada a primeira missa na capela. Ao longo dos anos a Igreja sofreu grandes alterações estruturais.

Em 1936 foi erguida uma torre que veio substituir o campanário existente. Mais tarde, em 1942, esta torre foi demolida e construída uma outra em tijolo e mais alta que a anterior.

Tal como o próprio nome indica esta igreja pertence à Santa Casa da Misericórdia de Mora. Igreja pentacentenária composta por nave, capela-mor, sacristia e torre sineira. A fachada está pintada de branco e leva um remate em amarelo e possui três pequenos óculos. A nave e a capela-mor são mais estreitas e está preenchida com pintura mural do final do século XVIII. Destaca-se o sino do campanário em bronze fundido com uma inscrição relativa à Santa Águeda.

 Igreja de Santo António

Igreja-de-Santo-António.jpg

   

Uma obra da responsabilidade da Chancelaria da Ordem de Avis, que data de 1 de fevereiro de 1656. A doação monetária feita por um anónimo religioso, permitiu a sua construção.

A ermida de Santo António, em Mora, foi construída em 1656 com fundos de um anónimo religioso, de responsabilidade da Chancelaria da Ordem de Avis. Era uma ermida de peregrinação.

Contrastando com o exterior simples, o seu interior é de uma grande riqueza arquitetónica, composto pela nave, capela mor, torre sineira e sacristia.Foi recentemente recuperada com fundos angariados pela Paróquia através de atividades culturais e também com o apoio da autarquia.

 

Torre do Relógio

5330096524_f0a9816329_o.jpg

 

A imponente Torre do Relógio, situada no centro da vila de Mora, faz parte do edifício com construção do século XVI e que em tempos deu lugar aos Paços do Concelho. Edificado, não se sabe ao certo se antes ou depois de Mora ter recebido Foral Manuelino (23 de Novembro de 1519).

Sabe-se no entanto que tanto esta construção civil como a religiosa, que acabou por mais tarde se erguer em frente, foram os dois pontos de partida para a vila começar e desenrolar-se, a partir desta praça e ficando para trás o Largo do Calvário, no qual poderia ter tido origem a agora vila de Mora. 

#euaprendocomPiiCiEMora

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.